sábado, 2 de janeiro de 2021

Lemmy - Mick Wall

 Das biografias que li do escritor, essa é a mais irregular. Um problema básico permeia toda a obra: Wall endeusa os 4 primeiros discos e subestima toda a discografia restante. O que resulta em injustiças e análises superficiais. Discos como Rock 'n Roll são resumidos a "produção pobre, canções mal feitas"; tem trabalho que sequer é comentado.

Mas não é só: 30% do material é dedicado ao Lemmy riponga e ao Hawkwind, chegando ao cúmulo de apresentar mini biografias dos membros da banda progressivoide. Chatice pura, claro.

A vantagem de Wall é que ele realmente conviveu, entrevistou, viu shows e foi até amigo dos vários artistas que biografou. Aqui não foi diferente, o esteio da obra são as várias entrevistas que fez com Lemmy ao longo dos anos. O problema é que Wall se agarra demais a esse material e ignora muita coisa. 

Mal traduzido, se fosse pra ser rigoroso eu daria 2 estrelas e meia, acontece que faltando uns 20% pro fim, Wall tira um curinga da manga e apresenta um belo apanhado dos últimos anos de um cambaleante Lemmy. Um surpreendente material que mostra lampejos do competente biógrafo que é. Foi o suficiente pra garantir 3 estrelas.

Está longe, quilômetros, de ser a biografia definitiva, mas os fãs do grande Motorhead vão se divertir, acredito.

3 estrelas