domingo, 20 de dezembro de 2020

Os 10 melhores que li em 2020

1 A Insustentável Leveza do Ser - Milan Kundera: obra-prima avassaladora, livro do ano; 

 2 Coração das Trevas - Joseph Conrad: mesmo com restrições das patrulhas ideológicas, segue vigoroso; 

 3 O Grande Deserto - James Ellroy: noir atômico! Aula de hard-boiled; 

 4 Adeus às Armas - Ernest Hemingway: preciso como um relógio, mestre da economia textual; 

 5 Pssica - Edyr Augusto: um passeio pelo inferno a 1000 km/h, genial; 

6 O Fim da Eternidade - Isaac Asimov: brilhante clássico sobre viagens no tempo;

7 1933 Foi um Ano Ruim - John Fante: é a prosa mágica de Fante; 

8 O Irlandês - Charles Brandt: impressionante relato de um assassino da máfia; 

9 The Dirt - Neil Strauss: historinhas da banda mais infame do mundo, Motley Crue; 

10 Ficções - Jorge Luis Borges: contos brilhantes e por vezes herméticos.