sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

O Cão dos Baskervilles - Arthur Conan Doyle

Escrito em 1902 e publicado em capítulos numa revista britânica, O Cão dos Baskervilles é um dos mais famosos trabalhos de Doyle, tendo recebido dezenas de adaptações pra cinema, televisão, teatro, etc. Dito isso, devo admitir que ainda não foi desta vez que me tornei fã do escritor. 

O problema é meu, claro, já que a trama é bem escrita e tem lá uma ou duas boas surpresas, apesar da resolução final ter me parecido um tanto elementar. Uma coisa que de cara me aborreceu é que temos pouco Sherlock Holmes: assim como no livro anterior que li (Um Estudo em Vermelho), o brilhante detetive dá as caras praticamente nos momentos decisivos, até lá temos uma overdose de Watson e outros personagens aborrecidos. 

Um bom trabalho, mas como todos o considerarem um dos melhores do escritor, uma pequena decepção foi inevitável. Na minha próxima incursão a um livro do Doyle, espero resolver este impasse de vez.  
3 estrelas