sábado, 16 de maio de 2020

Adeus às Armas - Ernest Hemingway

Segundo romance de Hemingway e seu primeiro bestseller. A trama é baseada em suas experiências no front italiano da 1° guerra mundial, onde atuava como motorista de ambulância, tal qual o protagonista.

O Sol Também se Levanta já era muito bom. Adeus às Armas da um passo adiante e chama a atenção do mundo para o surgimento de um novo grande escritor americano. Sua prosa é límpida, precisa como um relógio. Revela um intenso poder narrativo usando somente as palavras corretas e necessárias (boa tradução do Monteiro Lobato, diga-se).

Hemingway não tem pressa, não espere ritmo cinematográfico. Ele vai delineando calmamente a situação até chegar onde deseja. Um texto sem gordura e com muitos momentos de brilho. Uma verdadeira escola para todos que pretendem um dia se aventurar pela escrita.

Entendo perfeitamente o fascínio que causa até hoje. Biblioteca básica, sem dúvida.

4,5 estrelas